Descubra
como comprar
um carro com 30% de desconto

e obter ISENÇÕES DE IPI, IOF, ICMS E IPVA! É lei e 75% dos brasileiros ignoram esse benefício!

Carro mercedes

AGENDE JÁ SUA AVALIAÇÃO GRATUITA


AMPUTAÇÕES



O termo amputação é definido como a remoção de uma extremidade do corpo por meio de cirurgia ou acidente. Na medicina, esta prática é utilizada para controlar a dor ou doença que está acometendo o membro em questão, como no caso do câncer e da gangrena.

Embora a amputação seja vista como uma mutilação, incapacidade ou impossibilidade de realizar atividades rotineiras, na realidade, este procedimento deve ser encarado como o início de uma nova fase, pois, mesmo que um membro tenha sido perdido, com consequente alteração da imagem corporal, houve a eliminação de um perigo iminente da perda da vida ou de alívio de um sofrimento.

As causas mais comuns que levam à amputação são de ordem vascular, causadas por: vasculopatias periféricas, traumáticas, tumorais, infecciosas, congênitas e iatrogênicas. Dentre as vasculopatias periféricas, responsável por geralmente afetar indivíduos acima dos 50 anos de idade, os membros inferiores são os mais acometidos (dedos, pés e pernas).  A etiologia mais comumente observada gerada por eventos vasculares é a diabetes e o tabagismo.

Etiologias traumáticas afetam uma parcela significativa da população em decorrência dos acidentes de trânsito, de trabalho ou, menos frequentemente, resultante de outra causa. Dentre essas etiologias, os acidentes de trabalho tendem a levar a amputações dos membros superiores (dedos, mãos e braços).

Com relação às neoplasias ósseas, como osteossarcomas, estes também geralmente culminam em amputações, especialmente nos membros inferiores. Primeiramente, deve tentar tratar o tumor, sendo que a amputação fica como segunda alternativa, no caso do tratamento não surtir efeito.

O procedimento cirúrgico da amputação inicia-se ligando-se as artérias e veias com intuito de evitar hemorragia. Os músculos são removidos e, por fim, o osso é serrado. A pele e a musculatura remanescentes são rearranjadas.

Dentre as complicações mais comuns estão: deiscência de suturas, edemas, ulceração, inflamações, infecções, retração da cicatriz, neuromas, espículas ósseas e fenômeno “fantásmico”. Neste último caso, o paciente sente como se ainda tivesse o membro que foi amputado e costumar estar presente em 95% dos pacientes que foram submetidos à este procedimento, podendo ser doloroso ou não. Geralmente manifesta-se até a 3° semana após o procedimento.


Últimos Artigos

NUNCA MAIS PAGUE IPVA – Isenção de IPVA

NUNCA MAIS PAGUE IPVA – Isenção de IPVA

ISENÇÃO DE RODÍZIO DE SÃO PAULO

ISENÇÃO DE RODÍZIO DE SÃO PAULO

Com novas regras, vendas de carro para pessoas com deficiências dispara

Com novas regras, vendas de carro para pessoas com...

Isenção de IPI para PcD pode deixar de ter intervalo mínimo

Isenção de IPI para PcD pode deixar de ter inter...

Isenção de ICMS e IPVA é estendida a tutores de pessoas com deficiência

Isenção de ICMS e IPVA é estendida a tutores de...

O que nossos clientes tem a dizer

Atendimento top, com qualidade e responsabilidade, fazendo por merecer todo mérito. Agradeço todo o suporte e atenção de toda a equipe, prestaram um excelente serviço!


Hellen Fonseca

Primeiramente gostaria de agradecer a todo apoio dado e paciência para tirar todas nossas dúvidas. Só temos a agradecer pelo nosso carro obtido. Indico de olhos fechados.


Thiago Ribeiro

Fiquei muito satisfeita com os serviços da TopStar, consegui comprar meu carro com até 30% de desconto e isenção de IPVA.


Camila S. Viana
Top Star Isenções
TopStar Isenções
X
Olá!
Com qual unidade você gostaria de falar?
Parece que alguns dados estão incompletos, tente novamente
Ocorreu um erro ao enviar a mensagem, por favor tente novamente mais tarde
Preencha as informações abaixo: